SIND-DEGASE

Ir para o conteúdo

Menu principal:


NOTA À CATEGORIA

O SINDICATO DOS SERVIDORES DA CARREIRA SOCIOEDUCATIVA DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO – SINDDEGASE vem prestar informações à categoria acerca do andamento do processo de dissídio coletivo de greve, nº 0071737-97.2019.8.19.0000.
Conforme decisão proferida em audiência de conciliação no dia 14/01/2020, a Procuradoria Geral do Estado apresentou manifestação nos autos sobre itens da pauta de greve não integralmente atendidos e questionados em petição anterior pelo sindicato.
Sobre os pontos da pauta de greve, assim se manifestou o Estado:

1- PORTE DE ARMAS
Em resposta ao questionamento da emissão das novas carteiras funcionais foi informado que o prazo para o início da emissão das cédulas foi estipulado para o dia 30/01/2020, o que não ocorreu até o momento. O Sindicato peticionará no sentido da cobrança de fixação de prazo para a efetiva entrega das cédulas.

2- RAS 
O Regime Adicional de Serviço já está estabelecido e tal verba vem sendo paga de maneira regular. A Procuradoria do Estado entende que a verba é de caráter remuneratório, porém o Sind-Degase continuará pleiteando para que o Estado realize o pagamento da verba de forma isonômica para todas as categorias. 

3- CONCURSO PÚBLICO
De acordo com a Procuradoria do Estado, o processo administrativo nº E-03/022/28/2019, de elaboração e autorização de concurso público encontra-se desde 30/01/2020 na subsecretaria de Gestão de Pessoas. 
Considerando que o trâmite do processo administrativo já é de quase 1 (um) ano e já se passaram 9 (nove) anos do último concurso, o sindicato peticionará no sentido da cobrança de fixação de prazo para a publicação do Edital em Diário Oficial.

4- PROGRESSÃO FUNCIONAL
O Estado informa em sua manifestação que o Degase inaugurou procedimento administrativo (SEI-03/0022/000413/2020), para a efetivação das progressões, constando informação de que o processo foi recebido em 27/01/2020.
Como amplamente divulgado, no mês de novembro de 2019 foi proposta pelo sindicato ação judicial para obtenção do pagamento das progressões (processo nº 0277272-20.8.19.0001), sendo tal fato apontado pelo Estado como um impeditivo para a adoção da via negocial, o que não condiz com a verdade. 
O Estado reconhece o direito do servidor às progressões, porém alega que o Regime de Recuperação Fiscal o impossibilita de contemplar todas as categorias de servidores estaduais ao mesmo tempo.
Há discordância veemente do sindicato, tanto no sentido de “escolha” da categoria a ser contemplada quanto da impossibilidade do uso de via negocial pela propositura de ação autônoma, uma vez que com o pagamento, o autor da ação poderá pedir a extinção do processo por perda superveniente do objeto.
A progressão funcional é direito social do servidor e verba de caráter alimentar, sendo tais argumentações da procuradoria totalmente inaceitáveis e contrárias aos entendimentos das Cortes Superiores de Justiça.
Diante da frustrada tentativa de acordo nesse sentido o sindicato peticionará realizando o pedido da retirada de sobrestamento do feito, com a consequente distribuição do processo a um Desembargador Relator do E. Órgão Especial do Tribunal, para que seja colocado em julgamento o Agravo de Instrumento já interposto e que ao final seja declarada a legalidade do movimento grevista de novembro de 2019.

___________________________________________________________________________________





_______________________________________________________________________________________________

ATENÇÃO

MODELO DE PROCESSO ADMINISTRATIVO PARA REQUERIMENTO 
DE APOSENTADORIA ESPECIAL DE ACORDO COM 
A EMENDA CONSTITUCIONAL 103/19


ACESSE O LINK E IMPRIMA O SEU:


______________________________________________________________________________________________




____________________________________________________________________________


Governo vai publicar edital para concurso do Degase em até 60 dias



Após quase duas horas de debate durante a audiência de conciliação, servidores do Departamento Geral de Ações Socioeducativas (Degase) e procuradores do Estado chegaram a um acordo: o edital do concurso da categoria será publicado pelo governo em até 60 dias. 

A audiência de conciliação foi mediada pelo presidente do Tribunal de Justiça do Rio (TJ-RJ), desembargador Claudio de Mello Tavares, nesta terça-feira (dia 12).

A audiência também aconteceu para acalmar os ânimos, já que a greve dos servidores do Degase terminou na última sexta-feira, por determinação da Justiça, ou o presidente do Sindicato dos Servidores da Carreira Socioeducativa do Estado do Rio (Sind-Degase), João Rodrigues, poderia ser incrimidado e preso em flagrante, caso não cumprisse a ordem.

"Depois de muita conversa, conseguimos chegar a uma conciliação que agradou tanto aos representantes do Degase quanto ao governo do estado. Nossa preocupação maior é com os adolescentes que, no período da greve, tiveram feridos seus direitos fundamentais, como comparecer a audiências ou ir a consultas médicas. Felizmente, tudo vai se normalizar agora, após essa conciliação", explicou o presidente do TJ-RJ.

Outro ponto acordado diz respeito à progressão salarial dos servidores. Como o Estado do Rio de Janeiro está em Regime de Recuperação Fiscal (RRF), não foi possível ao Estado prometer nenhum reajuste nos próximos meses. Porém, os procuradores se comprometeram a estudar uma proposta, que será apresentada na próxima reunião, já agendada para o dia 14 de janeiro de 2020.

"Muito embora haja a consideração de sermos da área de Segurança, estamos na Educação. As progressões estão acontecendo em todo o estado. Mas com a gente é diferente. Os professores tiveram progressão. Isso não se enquadrou no Degase. Os delegados tiveram progressão. Isso também não se enquadrou no Degase. É complicado", afirmou João Rodrigues.

Participaram ainda da audiência de conciliação o juiz auxiliar da Presidência do TJ-RJ, Afonso Henrique Ferreira Barbosa; a procuradora de Justiça Patrícia Leite Carvão; os procuradores do Estado Antônio Joaquim Albuquerque e Bruno Terra de Moraes; e o subdiretor-geral do Degase, Bruno Lima. Representaram o Sind-Degase, as advogadas Renata Maia Serra e Natalie Afonso Toledo e o assessor jurídico Jorge Luiz.

Do lado de fora do Tribunal, os agentes do Degase aguardavam o resultado da reunião.

Matéria: Jornal Extra

_____________________________________________________________________


DESTAQUES:

ALERJ concede o porte de armas aos Agentes do Degase (10/04/2019):



É criada, em Brasília, a FENASSE (21/02/2019):



Sind-Degase realiza a primeira reunião com o Diretor-Geral (18/02/2019):


Justiça do Rio obriga Estado a pagar R$20mil a Sindicato (09/06/2018):



Degase: Condições precárias são denunciadas em audiência pública (11/04/2018):



Primeira reunião geral de categoria em 2018 (15/03/2018):




Lei 7.694/17 altera a nomenclatura do cargo dos Agentes Socioeducativos (22/09/2017):




Ações de Insalubridade e Adicional Noturno são propostas pelo Sind Degase (10/08/2017):



Emenda retira Agentes do DEGASE das novas regras de pensão (07/06/2017):


Emissão da nova carteirinha sindical (26/09/2017):



Emenda articulada pelo MUSPE assegura direitos dos servidores (06/06/2017):



Entidades se unem e criam o "Cinturão da Segurança" (09/01/2016):

_______________________________________________________________________________________

CONHEÇA AGORA A REALIDADE DE UM AGENTE DO DEGASE:
Última ocorrência noticiada na mídia em 13/06/2019


(Clique na imagem para abrir)

_______________________________________________________________________________________


Jornal Sind-Degase: Edição 2018
(Clique na revista para ler)


_______________________________________________________________________________________

Revista Direito Capital 
(Clique na imagem para ler a revista)

                                                                                
_______________________________________________________________________________

O SIND-DEGASE PARABENIZA OS ANIVERSARIANTES DE
OUTUBRO! 




(Clique na imagem para ver)

______________________________________________________________________________________________

Clique no link para conhecer as vantagens e descontos oferecidos!

 


















































 
 
Voltar para o conteúdo | Voltar para o Menu principal